72Instituto Universitário Sophia

Mestrado e doutoramento em Fundamentos e perspetivas de uma cultura da unidade

(orientação económica)

Sophia apresenta-se como um laboratório de formação e de investigação em que se reatam as ligações profundas entre vida e pensamento, entre estudo e experiência. É um instituto universitário que olha para o futuro, atento às instâncias que o nosso tempo oferece para que o homem de hoje e de amanhã - como Chiara Lubich tanto gostava de repetir - se torne cada vez mais homem-mundo".

Sophia oferece uma formação aberta a todos e sobre conhecimentos encarnados que podem tornar-se competências referenciais no mundo económico e em particular da empresa.

Sophia é um instrumento de formação daqueles "homens novos" inseridos e treinados na "cultura do dar" e na reciprocidade, sem a qual não é possível realizar uma Economia de Comunhão. Por isso é uma parte substancial dos lucros da EdC que suporta financeiramente o instituto Sophia.

Para mais informações visite o site: www.iu-sophia.orglink.gif

Fraternidade & as ciências sociais, políticas, econômicas e culturais

Centro Acadêmico Latino-americano Sophia ALC promove curso de verão no Brasil

por Carla Cotignoli

Curso Verão sophiaA iniciativa, promovida pelo Centro Acadêmico Latino-americano Sophia ALC (America Latina e Caribe), reuniu 80 jovens universitários latino-americanos. Objetivo: desenvolver o paradigma da fraternidade nas ciências sociais, políticas, econômicas e culturais, como indicador de respostas aos urgentes desafios do Continente.

Um jovem afirmou “Estava totalmente desmotivado na minha profissão de engenheiro. Descobri agora outra luz.” outro disse "Estou no segundo ano do curso de arquitetura. A universidade o apresenta numa chave muito comercial; falta o lado humano. Este curso superou as minhas expectativas”.

Leia mais...

Bens relacionais e desenvolvimento: uma pesquisa em andamento

Licia Paglione, pesquisadora do Instituto Universitário Sophia, também graças a uma bolsa de estudos EdC, está desenvolvendo uma pesquisa sobre os efeitos relacionais das ajudas aos pobres. Ela nos concedeu uma entrevista.

Licia Paglione 03Entre os pesquisadores do Instituto Universitário Sophia, parceiro científico da EdC, é forte o empenho em aprofundar o fenômeno da Economia de Comunhão. Uma delas, Licia Paglione, há tempo o estuda, focalizando o olhar para o “último elo da cadeia”, que no coração de quem acredita na EdC é, na verdade, o primeiro: a ajuda ao pobre. Pedimos a ela para nos explicar melhor em que consiste a sua pesquisa.

Como nasceu em você o interesse por este aspecto da EdC?

Primeiramente pelo fato que, conhecendo a EdC e quem a realiza, sempre vi a pobreza como o primeiro “motivo” pelo qual tal fenômeno nasceu, portanto, a sua centralidade.

Leia mais...

Loppiano: Especialistas alemães em ética social visitam Sophia

Visita ao Instituto Universitário Sophia e ao Polo Lionello

 

120627_Loppiano_Sophia_01_ridDe 26 a 28 de junho de 2012 o Prof. Peter Schallenberg e o Dr. Arnd Küppers (Centro católico de Ciências sociais da Conferência episcopal alemã em Mönchengladbach - KSZ) e o Dr. Peter Klasvogt (Instituto social Kommende da arquidiocese de Paderborn em Dortmund), amigos da EdC, junto com Winfried Baetz-Braunias e Hermann-Josef Benning (Comissão EdC alemã) foram acolhidos pelos professores do Instituto Universitário Sophia, na Cidadela/Cidadezinha do Movimento dos Focolares em Loppiano (Florença), “Cidade da Fraternidade“.

Leia mais...

Edital de concurso para projeto de pesquisa

A Associação Internacional de Economia de Comunhão (AIEC) publica o edital para concurso de uma bolsa de estudos direcionada a um projeto de pesquisa/investigação, com duração de um ano

Logo_AIEC_IT_rid

Em nome da Comissão Internacional de Economia de Comunhão (EdC), a Associação Internacional de Economia de Comunhão (AIEC) publica  edital de  concurso para a concessão de uma bolsa de estudos direcionada à realização de um projeto de pesquisa, cujo objetivo é avaliar o impacto da ajuda aos necessitados efetuada por meio da distribuição dos lucros das empresas de Economia de Comunhão. O projeto de pesquisa deverá ser realizado no período de 12 (doze) meses, com a possibilidade de uma única renovação.

Requisitos:

O edital é dirigido ao seguinte perfil de pesquisador: que se sinta atraído pelas finalidades do projeto Economia de Comunhão; que já possua alguma experiência com pesquisa empírica, bem como com análise quantitativa; que possua domínio da língua inglesa; Que possua alguma pós-graduação stricto sensu.

Leia mais...

Quando filosofia, economia e politica se encontram

A filósofa americana Martha Nussbaum fez uma conferência no dia 06 de junho sobre “As emoções públicas”, para o ciclo "As cátedras de Sophia"

Quando filosofia, economia e politica se encontram

por Chiara Andreola
publicado em Cittànuova.it  dia 8/06/2011

Martha_Nussbaum_ridTalvez poucos conheçam o seu nome, mas foi ela, em 1986, a primeira a introduzir o conceito de “bens relacionais” – hoje assumido estavelmente na economia – e a influenciar notavelmente até mesmo as Nações Unidas, na elaboração do índice de desenvolvimento humano. E isso graças ao capability approach (abordagem segundo as capacidades), elaborado com o prêmio Nobel Amartya Sen.

“As cátedras de Sophia” são aulas magistrais de reconhecidos expoentes da cultura contemporânea. Depois de Ugo Amaldi, cardeal Marc Oullet, Stefano Zamagni e Sergio Zavoli, chegou a vez de Martha Nussbaum.

Leia mais...

O obrigado de Sophia à EdC

Ao Instituto Universitário Sophia é destinada, cada ano, uma boa parte dos lucros das empresas para a "formação de homens novos" (cerca de 200.000 euros)

O obrigado de Sophia à EdC

É do dia 15 de junho de 2010 a carta de agradecimento que o presidente do Instituto Universitário Sophia, Piero Coda,  dirigiu a todos os atores do projeto EdC, através da Comissão Internacional.

Piero Coda escreve: “Enquanto está se concluindo o segundo ano de vida acadêmica do Instituto Universitário Sophia, a gratidão sincera leva-me a dirigir Piero_Coda_03um cordial obrigado aos membros da Comissão Internacional e a todos da EdC pela contribuição pontual oferecida ao nascimento e ao início do nosso caminho. Faço isto em nome de toda a comunidade acadêmica: docentes, diretoria e estudantes. A grande soma por vós atribuída a nosso favor  desde 2007 (ano de fundação do Instituto), 600.000 €, constituiu o capital inicial que, juntamente com um financiamento inicial do Movimento dos Focolares e a uma contribuição consistente de livres doações, permitiu enfrentarmos as grandes despesas de preparação dos locais e dos instrumentos essenciais para o exercício da vida acadêmica no seu complexo (salas, biblioteca, escritórios, residências dos estudantes, etc.).

A grande maioria dos nossos estudantes, além disso, provenientes da América Latina, da África e da Ásia, não pode contar com uma cobertura financeira adequada para os próprios estudos, além de alimentação e alojamento. Uma parte da vossa contribuição foi, portanto, destinada à concessão de bolsas de estudo necessárias em seu benefício

Leia mais...

Um dia histórico em Sophia

Caelison Lima de Andrade: o primeiro estudante do Instituto Universitário Sophia a alcançar a meta da pós-graduação/licenciatura, com uma tese sobre a Economia de Comunhão

Um dia histórico em Sophia

por Daniel Fassa

100628_Sophia_02É festa no Instituto Universitário Sophia. No dia 28 de junho de 2010, o brasileiro Caelison Lima de Andrade tornou-se o primeiro pós-graduado/licenciado da história da Instituição. Não só. Alcançou esse sucesso superando o desafio de ser cego. Diante de um auditório repleto pelos colegas de curso, membros da comunidade acadêmica e dirigentes, Caelison apresentou os resultados de sua pesquisa sobre o tema “O relacionamento entre motivações extrínsecas e intrínsecas na Teoria Econômica contemporânea: as contribuições da teoria e da prática do projeto Economia de Comunhão na liberdade”. Os professores Luigino Bruni e Vittorio Pelligra foram, respectivamente, orientador e co-orientador. 
 
A sessão de defesa iniciou com a saudação do reitor Piero Coda, que desejou renovar com todos os presentes o “pacto do amor recíproco” – isto é, a total disponibilidade a acolher o outro – elemento essencial do projeto formativo de vida e de estudo em Sophia, acrescentando: “A emoção não é apenas do candidato, mas de toda a comunidade acadêmica. É um momento simples na sua solenidade e solene na sua simplicidade”. O orientador, Luigino Bruni, agradeceu a Caelison pelo “trabalho sério, rigoroso, com grande empenho, em tempos heróicos” , bem como  Benedetto Gui. Vittorio Pelligra, que não pôde estar presente, enviou uma bela carta de apresentação do Caelison.

Leia mais...

Itália - Incisa Valdarno (FI), 06/06/2011

No âmbito das "Cattedre di Sophia", encontro com a filósofa americana Martha Nussbaum.

Public Emotions and the Decent Society

Logo_Sophia

Segunda feira, 6 de junho 2011, às 18.00
Auditorium de Loppiano
50064 Incisa in Val d'Arno (Florença)

Martha Nussbaum, Ernst Freund Distinguished Service, Professora de Direito e Ética, Universidade de Chicago

Abertura, Mons. Piero Coda – Presidente do Instituto Universitário Sophia
Introdução e moderação, Luigino Bruni – Docente responsável de Economia Política, IUS
A Professora Nussbaum fará a conferência em inglês, com tradução simultânea em italiano.

veja-se convite invito

para informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. - www.iu-sophia.org

Italia - Incisa Valdarno (FIorença), 24/09/2009

 O Instituto Universitário Sophia organiza:

Jornada de estudo sobre a “Caritas in veritate” de Bento XVI

SophiaQuinta feira, 24 de Setembro de 2009, às 15h00
Aula Magna do Instituto Universitário Sophia
Incisa in Val d'Arno (Florença)

A “Caritas in veritate de Bento XVI, à semelhança de outras grandes encíclicas sociais, entra ao vivo nos grandes temas da actualidade, propondo fortes chaves de leitura e caminhos novos. Ela assinala, ao mesmpo tempo, uma continuidade com o ensinamento social da Igreja e uma importante inovação, sobre a qual a comunidade científica é chamada a interrogar-se. O Papa faz uma profunda crítica ao sistema económico actual, convidando a superar uma das contraposições mais radicais da nossa sociedade, isto é, entre a lógica do dom e da gratuidade, e a lógica do lucro e da conflitualidade política.Esta exigência de recomposição é a mensagem da “Caritas in veritate”, representando um ponto de extraordinária força profética. A gratuidade está hoje ausente do debate público, dos mercados, da política, das empresas; mas a gratuidade e a fraternidade são os verdadeiros, mas escassos, recursos da economia e da sociedade, das quais depende não só a superação da crise actual, mas também a qualidade do humano. 

Leia mais...

Video da Conferência de Stefano Zamagni

Para atravessar a crise económica.
A Economia de Comunhão faz 18 anos 

Conferência de Stefano Zamagni

Sexta-feira, 29 de Maio, por ocasião do 18º aniversário do nascimento da Economia de Comunhão, no Auditório de Loppiano – em Incisa in Val d'Arno (Florença), teve lugar a segunda das "Cátedras de Sophia", realizada pelo professor Stefano Zamagni, sobre o tema: Para atravessar a crise económica. A Economia de Comunhão faz 18 anos.

Aqui está o vídeo completo da conferência, com a apresentação de Piero Coda e Luigino Bruni. Para ver o vídeo, deve instalar-se o software gratuito Microsoft Silverlight, clicando sobre este link:

http://www.microsoft.com/silverlight/resources/install.aspx

 

Instituto Universitário Sophia

Mestrado e doutoramento em Fundamentos e perspetivas de uma cultura da unidade

(orientação económica)

Sophia apresenta-se como um laboratório de formação e de investigação em que sehome_sophia1.jpg reatam as ligações profundas entre vida e pensamento, entre estudo e experiência. É um instituto universitário que olha para o futuro, atento às instâncias que o nosso tempo oferece para que o homem de hoje e de amanhã - como Chiara Lubich tanto gostava de repetir - se torne cada vez mais homem-mundo".

Sophia oferece uma formação aberta a todos e sobre conhecimentos encarnados que podem tornar-se competências referenciais no mundo económico e em particular da empresa.

Sophia é um instrumento de formação daqueles "homens novos" inseridos e treinados na "cultura do dar" e na reciprocidade, sem a qual não é possível realizar uma Economia de Comunhão. Por isso é uma parte substancial dos lucros da EdC que suporta financeiramente o instituto Sophia.

Para mais informações visite o site: www.iu-sophia.orglink.gif

Siga-nos:

facebook twitter vimeo icon youtubeicon flickr

EoC-IIN

Logo Eoc iin 01 rid rid

International Incubating Network

leia mais...

Relatório EdC 2016

Cover Edc44 EN modUm ano de vida EdC, estratégias e perspectivas para o futuro. 

 Ir para a versão online

ANPECOM: o site!

Aderir a EdC

EoC Companies crop banner rid modCadastre a sua empresa no novo site exclusivo: edc-info.org

Descubra mais...

Cidade Nova e EdC

pessoas edc003A revista Cidade Nova tem agora uma página dedicada à Economia de Comunhão, com relatos de pessoas envolvidas com o projeto.

Artigos já publicados:

Escola interamericana reunirá jovens empreendedores - 10/2015
A Aurora de uma nova cultura
- 09/2015
Comunhão e a crise grega - 08/2015
John Nash e a EdC
- 07/2015
Dado empresarial e a prática dos valores da empresa
- 06/2015
Nairóbi, capital de uma nova economia
- 05/2015
EdC e a qualidade do produto
- 04/2015
O lucro não monetário
 - 03/2015
Confiança e análise de risco - 02/2015
Economia e humanismo - 01/2015

O dado das empresas

Logo cube IT 150

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

As tirinhas de Formy!

Ecco Formy rid mod

Conheces a mascote do site Edc?
Leia mais...

A economia da partilha

Chiara_Lubich_1Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista,
baseada numa cultura do ter,
a economia de comunhão é
economia da partilha...

Leia mais...

Sophia 2013: o vídeo

video_Sophia_2013_2_mod

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.