Posso fazer a diferença se essa for a minha escolha

A experiência de uma jovem que trabalha numa empresa de EdC de São Paulo

por Stephanie Gomes Bressane

120715 StephanieBressane grup"No início, a gente simplesmente não sabe o que vai encontrar pela frente e pedimos 'sorte'. Depois, quando o tempo vai passando, percebemos que o rumo que seguimos é traçado por nós mesmos e tudo é questão de escolha!

Em Janeiro de 2011 conquistei meu primeiro emprego na empresa Sabor & Vida. Embora fosse o primeiro emprego e eu não tivesse experiência alguma na área de vendas, as pessoas que ali me rodeavam estavam dispostas a me passar todo o conhecimento disponível para que me tornasse uma vendedora qualificada e atendesse às necessidades esperadas.  Desde o começo, o apoio de todos era visível. (Stephanie é a primeira da esquerda para a direita)

 

 

Passei a perceber que a empresa tinha um diferencial no modo como conduzia seus negócios.  Comecei a me interessar por esse modo diferente de ''tocar o dia-a-dia'' e o que descobri me fez pensar diferente em relação a muitas coisas.

A Sabor & Vida se mostrou diferente por ser uma empresa de Economia de Comunhão, ou seja, um novo estilo de agir econômico que busca a formação de homens novos e consequentemente uma sociedade nova, onde a cultura do ''ser'' passa a ser mais importante que a cultura do ''ter''. Outro ponto é a divisão dos lucros em três partes: ajudar os que se encontram em necessidade; manter a empresa e por fim formar homens novos.

Digamos que, na prática, fica mais fácil descrever o dia-a-dia na empresa. Sócios sempre dispostos a ajudar, mostrando aquilo que é bom tanto para o crescimento da empresa como para o crescimento pessoal. O respeito com clientes, fornecedores e funcionários, o que nos trás um retorno gratificante e uma sensação de bem estar.

Mas, do meu ponto de vista, o que vale ressaltar primordialmente é o amor. Sim, o amor presente em cada setor dessa empresa que vai desde a preparação da comida até a venda dessa mesma comida. Cada funcionário sabe que nosso diferencial é colocar um pouquinho do nosso amor em cada função exercida.

Em julho de 2012, fui convidada a participar da Escola de Economia de Comunhão, em Igarassu, Pernambuco.

Até então não sabia que existiam tantas pessoas que, assim como nós, lutávamos por um mesmo ideal! Quando cheguei e me deparei com tantas pessoas juntas buscando um modo de viver, de desenvolver, de agir melhor, eu percebi que não estávamos sozinhos. E o conhecimento que adquiri naqueles quatro dias de escola foram suficientes para perceber que eu vou lutar, independente do que encontrar pela frente, para que todos possam saber que essa Economia existe e está aí para mudar a vida de quem estiver disposto a exercer suas finalidades.

Enfim, aprendi muita coisa, muitas delas coisas simples, sem importância que estão presentes no dia a dia de qualquer pessoa, só que acabam passando despercebidas. Aprendi que um atendimento diferenciado e cordial faz com que a pessoa se sinta mais importante; aprendi que ajudar, a qualquer hora e lugar, é imprescindível; aprendi que muitos obstáculos aparecerão no caminho, mas cabe a nós desistir de imediato ou enfrentá-los – e nos tornarmos mais fortes; aprendi que toda e qualquer pessoa tem a chance de ser feliz: cabe a ela escolher o caminho certo.

A Sabor & Vida me mostrou que eu posso fazer a diferença se essa for a minha escolha. Enquanto eu puder ajudar, eu vou ajudar. Quanto ao futuro, ninguém sabe, mas eu tenho uma certeza: levarei comigo tudo o que aprendi e pretendo passar pra frente, para que outras pessoas vejam que o mundo ainda tem salvação, porque há pessoas que estão dispostas a buscar o melhor para si e para o próximo. Por esses e muitos outros motivos digo que a sorte, que citei no início, esteve comigo desde o começo. Encontrar uma empresa desse estilo, logo no começo da carreira profissional, com pessoas competentes e dispostas a ajudar. Digamos que entrei num mundo diferente, que eu nem sabia que poderia existir, com pessoas que fazem a diferença!"

 

Siga-nos:

Alessandra Smerilli

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 1930 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.