Amar a empresa alheia como a própria

Editorial - Após 24 meses do balanço dos vinte anos do projeto EdC, uma primeira avaliação dos novos objetivos alcançados e das perspectivas abertas

por Alberto Ferrucci

Do Relatório EdC 2012-2013, sobre "Economia de Comunhão - uma nova cultura" nº 38 - Suplemento publicado com a 'Città Nuova' nº 23/24 - 2013 - dezembro de 2013

Report 2012 2013 Alberto FerrucciAo festejar, em 2011, os vinte anos do projeto EdC, propusemo-nos objetivos precisos: um programa de crescimento das empresas de EdC, o resgate da pobreza estendido a cada próximo, a colaboração com quem trabalha por uma economia mais humana e a intensificação do diálogo com a cultura contemporânea.

Agora, em que ponto estamos? Surgiu, na Itália, a Associação Italiana de empresários por uma Economia de Comunhão (Aipec) com 140 associados; no Polo Lionello nasceu a Escola de Economia Civil; multiplicam-se as entrevistas nos jornais e TVs com os nossos empresários e um cotidiano nacional hospeda, toda semana, um editorial com a nossa cultura sendo difundido pela web, em seis línguas; nos EUA a empresa Company Cube disponibilizou uma App Android, que a partir do celular/telemóvel, sugere o aspecto da EdC a ser vivido naquele dia.

Um estudo aprofundado sobre a superação da pobreza indica uma redução dos necessitados ajudados, mas ressalta também a deficiência de informações para interpretar corretamente, seja este fato, seja o efetivo grau de adesão ao projeto das empresas aderentes e a real destinação de todos os lucros que elas compartilham.

Aspectos positivos e carências que requerem uma estratégia mais atenta e que durante o ano se tentou identificar, seguindo o convite do Papa Francisco para privilegiar quem trabalha nas periferias. Procurou-se, no nosso caso, compreender, em comunhão, como servir melhor os necessitados, as empresas e a sociedade de hoje, escutando com atenção quem nelas trabalha, aqueles que estão atrás dos bancos e quem está nas cátedras das universidades, no voluntariado das comissões e das associações EdC.

Após vários encontros nos diversos continentes, após a profunda avaliação unânime num encontro conclusivo em Portugal, está se delineando uma estratégia mais 

Report 2012 2013 Gruppo Portogalloconsciente, capaz de superar as carências no serviço aos necessitados e às empresas, até agora deixados de lado em suas batalhas cotidianas. Não se pode esquecer, de fato, que Chiara Lubich, quando confiou a sua economia «aos mais capazes entre nós, providos de talentos», aos empresários, a tinha definido como «um empenho para crescer juntos».

Um futuro, portanto, de empresários não mais sós, mas solidários no «amar a empresa alheia como a própria», conectados em rede para, compartilhando, se desenvolverem melhor, atentos em privilegiar, antes do lucro partilhado, a criação de postos de trabalho. Empresários ajudados no próprio empenho por comissões e associações, utilizando também recursos comuns para melhor oferecer este serviço, de modo que possam também disponibilizar as suas capacidades para atividades de formação, ou para projetar e assessorar o crescimento de novas empresas, inclusive em outros países.

Os primeiros sinais visíveis foram o lançamento, nos polos produtivos, do Projeto Erasmus para empresários e a criação de um software para a coleta internacional, via web, de dados das empresas aderentes e simpatizantes, dos talentos partilhados de empresários e consultores, das necessidades dos pobres e das destinações dos lucros.

Siga-nos:

16-10-2019

O grito da Terra, o grito dos jovens empenhados nas “Fridays for future” e aquele mais subjugado...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 1212 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.