Diário de Santa Cruz

Diário de Santa Cruz

por Ramón Cervino

em "Economia de Comunhão - uma nova cultura nº.32 – dezembro de  2010

N30_Ramon_CervinoNa 6ª feira, 16 de julho, começa a tornar-se realidade o sonho que, há um ano atrás, tivemos nesta terra da Bolívia, em La Paz, a 3.800 metros de altura. Agora estamos só a 400 metros de Santa Cruz, mas  sentimos um grande frio, graças a um  forte vento, uma massa de ar frio, a mais forte dos  últimos dez anos, que  transformou em um verdadeiro gelo esta cidade de clima tropical úmido, na qual não existe aquecimento doméstico.

Na tarde do primeiro dia,  foi apresentada a EdC aos empresários e estudiosos, e à comunidade local; o Seminário teve início no dia seguinte, coordenado por Santiago Nishisawa, da comissão EdC da Bolívia.

Estavam presentes 31 bolivianos e muitos participantes do México, Equador, Paraguai, Chile, Peru,  com um denso grupo da Argentina, entre eles quatro provenientes de Santa Maria de Catamarca, a pequena cidade nos Andes do norte da Argentina, no vale Calchaquì, a primeira cidade do cone sul da América, à qual chegou o ideal de Chiara.

Da Espanha veio o empresário Paco Toro, fundamental para compreender o recente desenvolvimento da EdC na Bolívia, com  Javier Espinosa,  presidente da Associação EdC da Espanha, com quem  idealizei este encontro, e Luigino Bruni, o nosso convidado 100717_SantaCruz_11especial.
 
O programa era aberto.  Foram muitas comunhões de experiências dos empresários e das empresas da Bolívia, do Tinku Kamayo de Santa Maria e da empresa de Paco Toro, nas quais se ‘tocavam com as mãos’ os frutos da escolha da EdC como estilo de vida.

Depois do jantar houve um espetáculo de danças típicas da Bolívia, com a participação, como mágico, do equatoriano Galo Pozo, que surpreendeu a todos sublinhando nos seus números os temas tratados no seminário, como a distribuição dos lucros.

Luigino Bruni fez intervenções em  vários momentos e no domingo falou do perdão e da benção, da ferida que muitas vezes experimentamos quando decidimos estabelecer um relacionamento profundo com o outro, e como esta ferida se transforma em benção, sublinhando que não existe benção sem ferida.

Um momento de comunhão profunda, direi, extraordinária. É difícil descrever o quanto nós vivemos. Juntos muitos procuravam superar  muitas dificuldades, e sem dúvida , para todos foi uma experiência luminosa, alegre e inovadora, de profunda comunhão.
 
Vivemos a realidade da EdC latino-americana de língua espanhola, e sonhamos juntos com  uma escola para os jovens, uma escola virtual, um grupo de formação itinerante para ajudar as realidade mais frágeis, uma comissão da Bolívia ao serviço dos projetos para todas as nações latino-americanas.

Na segunda-feira visitamos, a 40 km de Santa Cruz, a escola asilo La Guardia (A Sentinela) que se desenvolveu de modo impressionante, e também a panificadora iniciada dois anos atrás por Jorge, de quem restam apenas algumas prestações do empréstimo obtido para o investimento inicial a restituir à EdC. Agora procura-se um consultor em marketing para uma análise dos produtos a colocar no mercado.

100717_SantaCruz_15

Depois desta experiência na Bolívia, a EdC descobrirá novas vias. Com a sua iniciativa de três anos atrás, de utilizar os lucros da sua empresa para projetos na Bolívia, Paco Toro escolheu  percorrer uma estrada que no início parecia discutível, mas que o tempo e os resultados têm demonstrado que é válida.
 
Luigino Bruni confidenciou que encontrou muita vida e fez uma profunda experiência, descobrindo novas perspectivas: “pelos frutos experimentados nestes sete dias me pareciam ‘setenta vezes sete’: do Teu Espírito, Senhor, está plena a terra”.

Para mim esta experiência significou uma verdadeira transformação, uma nova compreensão, uma profunda e aberta comunhão, um momento de intensa luz. Gozei do frescor do carisma, me redescobri ”Obra de Maria”, presença de Maria na história.

Agora devemos partilhar com todos estes sonhos e trabalhar para gerá-los.  O primeiro encontro será a Escola de Verão (Summer School) para os jovens, de 17 a 22 de janeiro, na cidadela argentina Mariápolis Lia.

Dopo questa esperienza in Bolivia, l’EdC scoprirà nuove vie. Con la sua iniziativa di tre anni fa di utilizzare gli utili della sua azienda per progetti in Bolivia, Paco Toro ha scelto di percorrere una strada che all’inizio sembrava discutibile ma che il tempo ed i risultati hanno dimostrato valida.

Siga-nos:

16-10-2019

O grito da Terra, o grito dos jovens empenhados nas “Fridays for future” e aquele mais subjugado...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 431 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.