A utopia em ação

A utopia em ação

por Alberto Ferrucci

em "Economia de Comunhão - una nova cultura" nº 31 - maio de 2010

N31_Pag._27_Lutopia_in_azioneNo início dos anos 90 eu era coordenador das relações internacionais do projeto de Economia de Comunhão. Centenas de empresas no mundo tinham aderido rapidamente ao projeto e já estava nascendo próximo de São Paulo, no Brasil, o Pólo Spartaco, o primeiro agrupamento de empresas participantes do projeto.  Na época, recebi uma carta de François Neveux, um empresário francês que com o seu típico estilo direto, exprimia o desejo de colocar gratuitamente à disposição do projeto de Economia de Comunhão as tecnologias e as patentes que tinha desenvolvido durante anos.
Já as tinha vendido a várias empresas europeias e do Médio Oriente que fizeram delas a base de seus sucessos, mas se um empresário quisesse começar uma nova atividade no Pólo Spartaco poderia tê-las grátis.
Ele me procurou porque lhe parecia que os empresários brasileiros não souberam valorizar a sua oferta e eu o convidei a acompanhar-me ao congresso brasileiro dos empresários EdC que se realizaria dali a poucos dias, de modo que pudesse apresentar pessoalmente as suas tecnologias e as suas perspectivas industriais.

Durante o congresso Ginetta Calliari, uma das primeiras companheiras de Chiara, na inauguração de um novo galpão/pavilhão no Pólo que ainda não tinha uma empresa para ocupá-lo, afirmava com uma segurança inspirada que aquela construção existiria também nos novos céus e novas terras, porque tinha nascido por amor. Naquele momento François, com o seu modo desenvolto de agir, como empresário que decide pela intuição e depois sabe como fazer para retornar as contas da atividade que sonhou, anunciava que ele mesmo utilizaria aquele galpão/pavilhão: começaria uma empresa de produtos de plástico, feitos com a sua técnica de rotomoldagem e em honra a Ginetta a empresa se chamaria de Rotogine.

N31_pag._27_Isaline_Dutru_Encontrei o François no momento do seu compromisso social mais alto. Só anos mais tarde entendi de onde vinha aquela sua “loucura”, lendo a história fascinante da sua vida escrita por Isaline Bourgenot Dutru.    

O estilo brilhante e anti-conformista do livro, que agora é oferecido ao público italiano, depois da tradução em português, fgraças à excelente tradução feita pelo Professor Alberto Golin, que aqui desejo agradecer.
É uma história que prende o leitor pela excepcional atitude de não parar diante de nada, que era próprio de François, pelo seu amor ao próximo em dificuldade, que o levou a realizar, no seu País, França, várias e  importantes tentativas de empresas ao serviço dos últimos.

Uma exigência profunda que tinha visto totalmente viável no projeto de Economia de Comunhão, tanto que dedicou todos os seus recursos, econômicos e como inventor, nos seus últimos quinze anos de vida.

Fez isso utilizando aquela Arte de Arranjar-se/Desenrascar-se que desde pequeno o tinha fascinado lendo Robinson Crusoé de Daniel Defoe e que tinha aplicado em toda a sua vida, como demonstram as suas várias patentes industriais; uma arte que nos seus escritos da maturidade reconhecia não tanto como um talento seu, mas como o dom que chega do alto para superar as dificuldades de cada dia, que é oferecido a cada homem e mulher que trabalha por amor: “dai e vos será dado”.

Siga-nos:

Alessandra Smerilli

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

11-03-2019

Na mesa com... por Paolo Bricco - publicado em Sole24ore, 10/03/2019 Tradução de Moisés...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

quem está online?

Temos 667 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.