Artigos publicados          

A Editora Cidade Nova, (no Brasil desde 1959 e em Portugal desde 1970) através das suas publicações, quer contribuir para a promoção e difusão de uma cultura de fraternidade. Preocupa-se, por isso, em realçar valores como a paz, a solidariedade, a justiça, o respeito pela diversidade, o diálogo, a tolerância, a partilha, a dignidade e os direitos humanos.

Aqui apresentamos os últimos artigos relacionados com o projeto EdC:

O empresário e a comunhão do conhecimento

Interessada em entender como os empresários que aderem à Economia de Comunhão gerenciam e compartilham esse conhecimento, a pesquisadora Suely da Silva Carreira decidiu estudar a fundo a questão.

por Tiago Borges

publicado em: Cidade Nova na edição de setembro

livrosA Economia de Comunhão é, há mais de duas décadas, um modelo de atuação econômica e empresarial baseado na comunhão. Essa comunhão vai além do compartilhamento de bens materiais, é também comunhão de capacidades e talentos.

Ao longo da vida um empresário acumula um patrimônio que não se encaixa em nenhuma dessas categorias. Patrimônio que não é colocado em risco por oscilações do mercado e nem mesmo por eventual falência. Trata-se de conhecimento adquirido tanto por meio de especialização na área quanto – e talvez principalmente – pela experiênciaà frente do negócio.

Leia mais...

Escola interamericana reunirá jovens empreendedores

Oportunidades de trocar experiências sobre como podem ser aplicados, no dia a dia das empresas, os princípios que moldam o projeto.

por Thiago Borges

publicado em Cidade Nova, 10/2015

Logo SS Brasile 2015A troca de experiências entre empreendedores é um recurso valioso para empresários em geral. Dessa forma, cada vez mais proliferam feiras de todos os ramos de atividade imagináveis, congressos, convenções e workshops. No caso de empresas de Economia de Comunhão, essa troca não é somente útil ao empresário, mas vital para a própria proposta de uma economia renovada. Afinal, sem comunhão não há Economia de Comunhão. Mas as ocasiões em que os empresários de EdC e pessoas interessadas na proposta se encontram não têm apenas o propósito de discutir formas mais rentáveis de administrar um negócio ou estratégias comerciais e financeiras mais adequadas.

Leia mais...

A Aurora de uma nova cultura

A valorização das relações interpessoais como base para a difusão de uma cultura mais fraterna em todas as etapas da formação

por Thiago Borges

publicado em Cidade Nova, 09/2015

1509 CidadeNova EscolaAurora1A cultura da partilha, em detrimento daquela que privilegia o acúmulo de bens materiais, é um dos pilares da Economia de Comunhão. Tanto é que as empresas que integram o projeto são convidadas a destinar parte de seus lucros à promoção dessa cultura. Um empresa em particular conseguiu fazer dessa visão de mundo o seu diferencial no mercado: a Escola Aurora.

A instituição oferece Educação Infantil e ensinos Fundamental e Médio. Além da instrução formal, a Escola Aurora tem uma atenção especial para os relacionamentos entre alunos, professores e funcionários. O compromisso maior é sempre com a formação integral do ser humano, como conta a diretora, Ana Maria Correa. Segundo ela, a cultura da partilha é trabalhada “dentro de contextos e reflexões”.

Leia mais...

Comunhão e crise grega

"É preciso passar da lógica do 'eu' para a lógica do 'nós' passando a olhar o bem comum como o bem de todos e não como o 'bem de ninguém'"

por Thiago Borges

publicado em Cidade Nova, 08/2015

1508 CidadeNova MaosDadasO projeto Economia de Comunhão ainda é um grão de areia no deserto, uma experiência embrionária diante do tamanho da complexidade da economia mundial. No entanto ele se baseia em princípios e práticas que não apenas podem transformar a economia, mas que, se não forem empregados rapidamente, podem colocar em risco até mesmo grandes estruturas econômicas como a própria União Europeia. A análise é do economista italiano Luigino Bruni.

Leia mais...

John Nash e a EdC

Uma contribuição que coloca a partilha à frente do egoísmo

por Thiago Borges

publicado em Cidade Nova, 07/2015

John NashMorreu em maio o prêmio Nobel de Economia John Nash, que inspirou o famoso filme Uma Mente Brilhante, estrelado por Russell Crowe. Para além da intrigante história de vida do norte-americano relatada no longa-metragem, Nash deu uma grandíssima contribuição à Teoria dos Jogos – um ramo da matemática aplicada –, influenciando o pensamento e a prática de diversas áreas do saber, da economia à sociologia. Sua maior contribuição foi possivelmente o conceito do "Equilíbrio de Nash". Em poucas palavras, o equilíbrio se dá quando todos os sujeitos envolvidos em uma situação de tomada de decisão não têm incentivos para fazer escolhas diferentes daquelas que estão fazendo unilateralmente.

Leia mais...

Dado empresarial e a prática dos valores da empresa

No mundo dos negócios você fica tão ocupado produzindo ou prestando serviços que esquece que o ser humano é quem realmente importa.

por Thiago Borges

publicado em Cidade Nova, 06/2015

O empresário norte-americano John Mundell atua no ramo de recuperação do solo. Ele também é um dos grandes adeptos do projeto Economia de Comunhão e adota uma prática de gestão marcada pelos princípios do projeto fundado por Chiara Lubich.

Um dos instrumentos que adotou em sua empresa é o dado empresarial, um recurso ao mesmo tempo lúdico e eficiente, em que é proposto aos funcionários tentar colocar em prática aspectos basilares dos valores de uma empresa que se inspira em Economia de Comunhão. 

Leia mais...

Nairóbi, capital de uma nova economia

Um continente propício para o desenvolvimento do novo paradigma econômico ao qual EdC se propõe.

por Thiago Borges

publicado em pdf Cidade Nova (296 KB) , 05/2015

Se o combate à pobreza por meio da inclusão pelo trabalho e pela repartição dos lucros é objetivo prioritário da Economia de Comunhão, talvez não haja lugar mais propício para fincar raízes do que a África subsaariana. Com esse objetivo, Nairóbi, capital do Quênia, foi escolhida como sede para o próximo Congresso Internacional de empresários, teóricos e entusiastas do projeto.
Como diz Maja Calfová, membro da Comissão Internacional de EdC e uma das organizadoras do evento, trata-se de um congresso “que possui uma característica única: pretende ser 100% africano e, ao mesmo tempo, 100% mundial. Um evento que, portanto, quer pertencer a todos”.

Leia mais...

EdC e a qualidade do produto

Levar a sério a centralidade do ser humano em geral exige esforço e criatividade.

por Thiago Borges

publicado em Cidade Nova, 04/2015

Flávio Toledo é gerente de um restaurante em Botucatu, interior de São Paulo. O estabelecimento é de dois primos seus, mas quem acompanha o dia a dia é o próprio Flávio, que também é um adepto da Economia de Comunhão (EdC). Desde que começou a administrar o local, tem desenvolvido um trabalho seguindo alguns princípios que norteiam o projeto de EdC.

Em conversa por telefone com a Cidade Nova ele contou que desde o início, seu foco foi dar atenção aos relacionamentos entre os funcionários. "Uma coisa bem complicada no restaurante era a questão da forma como os relacionamentos eram direcionados. Com o trabalho do dia a dia a gente foi conhecendo as pessoas e querendo implantar a filosofia de dar bastante atenção à forma de se relacionar na empresa. Fizemos uma revolução na parte de atendimento."

Leia mais...

O desenvolvimento compartilhado é o nome novo da paz

Se a oferta de bens se move em nível global, também a demanda deve ter uma dimensão global, caso queiramos orientar esse capitalismo de uma forma diferente e mais equitativa.

por Daniel Fassa

publicado em Cidade Nova, 03/2015

Disegno Persone CDNProfessor de Economia Política da Universidade Lumsa de Roma e do Instituto Universitário Sophia, o italiano Luigino Bruni é especialista em Economia de Comunhão, Economia Civil, Economia Social, reciprocidade, felicidade na economia e bens relacionais. Nesta entrevista, ele comenta o estudo da Oxfam International.

A solução para as crescentes desigualdades no mundo virão das elites econômicas? Qual é o papel das organizações da sociedade civil e dos cidadãos?

Leia mais...

Muito para poucos

ECONOMIA Estudo da organização não governamental Oxfam International chama atenção para as crescentes desigualdades socioeconômicas, que condicionam as oportunidades de bilhões de pessoas e colocam em xeque a legitimidade da democracia

por Daniel Fassa

publicado em Cidade Nova, 03/2015

"Não adianta apenas dar o peixe, é preciso ensinar a pescar", diz o antigo provérbio. Ape­sar da sua inegável sabedoria, cabem algumas questões: e se alguns pescadores receberem mais instrução do que outros? E se, desde a mais tenra idade, alguns forem mais bem alimentados do que outros? E se as condições sanitárias em que vivem alguns forem melhores que as de outros? E se alguns pescarem muito e ganharem pouco, enquanto outros pescarem pouco – ou nada – e ganharem muito?

Leia mais...

Siga-nos:

facebook twitter vimeo icon youtubeicon flickr

EoC-IIN

Logo Eoc iin 01 rid rid

International Incubating Network

leia mais...

Relatório EdC 2016

Cover Edc44 EN modUm ano de vida EdC, estratégias e perspectivas para o futuro. 

 Ir para a versão online

ANPECOM: o site!

Aderir a EdC

EoC Companies crop banner rid modCadastre a sua empresa no novo site exclusivo: edc-info.org

Descubra mais...

Cidade Nova e EdC

pessoas edc003A revista Cidade Nova tem agora uma página dedicada à Economia de Comunhão, com relatos de pessoas envolvidas com o projeto.

Artigos já publicados:

Escola interamericana reunirá jovens empreendedores - 10/2015
A Aurora de uma nova cultura
- 09/2015
Comunhão e a crise grega - 08/2015
John Nash e a EdC
- 07/2015
Dado empresarial e a prática dos valores da empresa
- 06/2015
Nairóbi, capital de uma nova economia
- 05/2015
EdC e a qualidade do produto
- 04/2015
O lucro não monetário
 - 03/2015
Confiança e análise de risco - 02/2015
Economia e humanismo - 01/2015

O dado das empresas

Logo cube IT 150

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

Linhas para a gestão de uma empresa de EdC

Binari_rid_modA Economia de Comunhão propõe às organizações produtivas que fazem própria a sua mensagem e a sua cultura, as “Linhas para a gestão de uma empresa”, escritas à luz da vida e da reflexão de milhares de empresários e trabalhadores...
Leia mais...

As tirinhas de Formy!

Ecco Formy rid mod

Conheces a mascote do site Edc?
Leia mais...

A economia da partilha

Chiara_Lubich_1Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista,
baseada numa cultura do ter,
a economia de comunhão é
economia da partilha...

Leia mais...

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.