A EdC, um grande sonho: o segundo dia da EoC School

Um método didático incomum: compartilhar a própria vida e os próprios sonhos. Na Mariápolis Piero (Nairóbi, Quênia) continua a EoC School.

por Lili Mugombozi

150523 Nairobi EoC School 30 ridA EdC, um grande sonho” é assunto que uniu os jovens presentes na Mariápolis Piero, Quênia, sábado 23 de maio no segundo dia da International EoC School: o número de participantes cresceu, juntaram-se ao grupo os jovens da Argentina, da Hungría, do Egito e ainda de vários outros países Africanos.

Assim que o dia começa, depois do caloroso “welcome” a quem não estava presente no dia anterior, Steven, um jovem dos Camarões, pega o microfone e diz aos seus coetâneos: “tenho um grande sonho, que não gostaria de perder de vista jamais: nunca desistir de sonhar... se eu desisto de sonhar acaba tudo para mim, e para vocês?" Entre risos e aplausos, observando do fundo da sala, intuo que estes jovens são realmente especiais. Sonham sim, mas tem projetos muito concretos e precisos em mente.

 “Um grande sonho sempre nasce e permanece estritamente ligado a uma história 150523 Nairobi EoC School 20 ridpessoal... depois, as escolhas que se fazem deveriam ser uma consequência daquilo que sonhamos. Esta escola é verdadeiramente especial, quem falou nos doou não só o seu conhecimento, mas também a própria vida íntima, nos doou a si mesmo”, assim me confidenciou Christian, um jovem da República do Congo, refletindo sobre as histórias de vida pessoal de dois de seus professores: Vittorio Pelligra, italiano e Lorna Gold, escocesa.    

De fato, algo muito curioso é o método de ensino deles: contar a história da própria vida. Impressiona a consonância da experiência pessoal que os levou, com o tempo, a entender e a se tornarem pesquisadores de EdC… Ambos jovens, ou melhor, muito jovens, entusiastas com a vida, acreditam firmemente no Ideal do Mundo Unido que compartilham com muitos outros jovens do mundo inteiro e não só. Um grande sonho, portanto, nada menos que “o sonho de um Deus”, disse uma vez Chiara Lubich, exatamente a eles, os jovens. Um sonho que não perderão de vista nem mesmo quando tocará fazer as escolhas importantes da vida como, por exemplo, o curso universitário para causar um impacto na sociedade que os circunda, para realizar concretamente, -não só com palavras- uma sociedade justa, digna para todo 150523 Nairobi EoC School 16 ridser humano.

Histórias que têm um fascínio especial e um grande impacto sobre as pessoas que os escutam, tanto que Michel chega a exclamar: “gostaria de fazer meu Phd sobre a Edc, como realizar este meu sonho?”. E acrescenta: “acho que não sou o único nesta sala”.

Nasce então um profundo diálogo; professores e estudantes compartilham sonhos, frustrações, desilusões, mas também pequenas e grandes histórias de sucesso. Fala-se da crise econômica mundial e do seu impacto sobre os países em desenvolvimento, das multinacionais, da ONU, dos grandes temas como as “mudanças climáticas”, das relações internacionais. Impressiona por exemplo, o quanto os jovens provenientes da região mineira do Katanga (RDC), mostram-se conscientes do drama que os ataca diretamente, prova do quanto eles têm os pés no chão! O diálogo continuou durante um momento muito rico de conversa nos vários grupos de trabalho, ocasião fundamental do percurso destes dias.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.