• Economia di Comunione
    Persone e imprese che attivano processi di comunione.
    Idee e pratiche per un agire economico improntato alla reciprocità e all’accoglienza.
    Un ambito di dialogo e di azione per chiunque voglia impegnarsi per una civiltà più fraterna guardando il mondo a partire dagli esclusi e dalle vittime
    scopri di più...
  • Rapporto Edc 2018
    Finalmente disponibile il Rapporto Edc 2018. Guarda il video e scopri di più con la scheda di approfondimento.scopri di più...
  • The Economy of Francesco
    Sono aperte le candidature per partecipare all’evento di Assisi 2020!scopri di più...

Economia di Comunione

Persone e imprese che attivano processi di comunione.

Idee e pratiche per un agire economico improntato alla reciprocità e all’accoglienza.

Un ambito di dialogo e di azione per chiunque voglia impegnarsi per una civiltà più fraterna guardando il mondo a partire dagli esclusi e dalle vittime.

Holanda: Week end de aprofundamento sobre a gratuidade em economia

Em 16 e 17 de outubro em Mariënkroon (Nieuwkuijk ) e em Utrecht

por Antonella Ferrucci

151016 Marienkroon Expert Meeting 02 ridA gratuidade em economia: foi este o leitmotiv [tema] dos dois eventos que se realizaram no passado fim de semana na Holanda, por iniciativa do Movimento dos Focolares e da Thomas More Foundation. O primeiro evento, definido pelos organizadores como “Expert Meeting” se realizou perto da cidadela Mariënkroon do Movimento dos Focolares em Nieuwkuijk entre a sexta feira à tarde e o sábado de manhã: 18 professores universitários de 8 universidades e institutos de ensino superior, (entre as quais a Universidade belga de Lovaina) se encontraram para aprofundar o tema da gratuidade em relação à economia.

O encontro se desenvolveu por quatro sessões, cada uma delas composta por uma breve introdução e seguida por uma discussão animada e rica, em que se colocavam em relação várias perspectivas sobre o mercado, a economia, o fazer empresa, a gratuidade e o carisma151016 Marienkroon Expert Meeting 01 rid.
Na primeira sessão Luigino Bruni apresentou o seu pensamento sobre o mercado como local de encontro mais do que de concorrência, gerando um diálogo muito vivo. A Economia de Comunhão foi depois amplamente apresentada por Leo Andringa, Lorna Gold e pelo empresário belga Koen Vanreusel.

Em conclusão: um rico intercâmbio interdisciplinar de alto nível acadêmico, sem qualquer espírito competitivo, mas em uma atmosfera de abertura e amizade -devido também às diferenças de terminologia das respectivas disciplinas-, da qual emergiu a urgência de entender a economia como uma oportunidade para trabalhar em uma cultura civil. O diálogo sobre estes temas, que se revelaram realmente proveitosos, continuará sem qualquer dúvida no futuro.

151017 Utrech Lecture LB 01 rid sxNo sábado à tarde, 17 de outubro, na Academy Building da Universidade de Utrecht se realizou, por sua vez, a “Thomas More Lecture” que teve como protagonista Luigino Bruni, sobre “Economics and love: Eros, Agape, and Philia” [A economia e o amor: Eros, Agape e Philia]. No âmbito da conferência Luigino Bruni descreveu as três formas de amor (eros, philia, agape) sublinhando as respectivas caraterísticas e a importância de cada uma delas para o viver comum, com particular referência no âmbito econômico. Os mais de 250 presentes ficaram impressionados com o argumento e com a forma coloquial com que Bruni se dirigiu a eles.

No fim da conferência foi entregue aos autores, Luigino Bruni e Alessandra 151017 Utrech Lecture LB 03 ridSmerilli, o seu último livro, acabado de sair, “De ongekende kant van de economie “, tradução holandesa de “L’altra metà dell’economia” [A outra metade da economia]. O livro, publicado pela editora Nieuwe Stad, (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.), depois da conferência foi literalmente “ao rubro”. Na contracapa se explica o significado do título -O lado desconhecido da economia na tradução holandesa-: na economia não é operativo somente o mecanismo do mercado, mas é também uma força muito pouco conhecida: a gratuidade. As pessoas não funcionam como sujeitos calculadores que procuram apenas e unicamente os seus interesses: na natureza humana está presente também um forte impulso para realizar algo belo e bom. Às vezes essa força, a gratuidade, tem uma consistência excepcional, e isso é o carisma, explicam os autores, fonte contagiosa e permanente de inovação.

veja Icona Flickr ridphotogallery

Siga-nos:

16-10-2019

O grito da Terra, o grito dos jovens empenhados nas “Fridays for future” e aquele mais subjugado...

A economia do dar

A economia do dar

Chiara Lubich

«Ao contrário da economia consumista, baseada numa cultura do ter, a economia de comunhão é economia da partilha...

Leia mais...

As tirinhas de Formy!

As tirinhas de Formy!

Conheces a mascote do site Edc?

O dado das empresas

O dado das empresas

A nova revolução para a pequena empresa.
Dobre! Jogue! Leia! Viva! Compartilhe! Experimente!

O dado das empresas agora também em português!

Aderir a EdC

Image
Opla
AMU
Eoc
aipec

quem está online?

Temos 346 visitantes e Nenhum membro online

© 2008 - 2019 Economia di Comunione (EdC) - Movimento dei Focolari
creative commons Questo/a opera è pubblicato sotto una Licenza Creative Commons . Progetto grafico: Marco Riccardi - info@marcoriccardi.it

Please publish modules in offcanvas position.

Este site utiliza cookies, também de terceiros, para oferecer maiores vantagens de navegação. Fechando este banner você concorda com as nossas condições para o uso dos cookies.